queenstown

ACOMODAÇÃO PELO AIRBNB NA NOVA ZELÂNDIA

by

A gente sempre fecha acomodação pelo booking.com, mas dessa vez resolvemos tentar algo diferente e utilizamos o AIRBNB.

O AIRBNB não é um site de hotel, e sim casas ou apartamentos de pessoas que oferecem o quarto para alugar ou, às vezes, a casa inteira. Em alguns casos você terá um banheiro privativo, em outros terá que dividir com os moradores da casa. Alguns anfitriões deixam você usar cozinha e lavanderia, outros não. Tudo isso estará especificado no perfil da pessoa no airbnb.
Prestem sempre atenção nas datas que as casas estão disponíveis e na quantidade de dias, mínima e máxima, que o anfitrião aceita a hospedagem.
Uma outra coisa que você também deve prestar atenção é na taxa de limpeza que vai variar de acordo com cada casa. Às vezes a diária está super barata e a taxa de limpeza caríssima, olhe sempre o preço final.
Antes de escolher a casa, é sempre bom ler os comentários deixados por pessoas que já se hospedaram nessa mesma casa.

Como funciona?
Primeiramente você terá que criar um perfil no site, o ideal é que você escreva um pouco sobre você e coloque umas 3 fotos no seu perfil. Feito isso, basta procurar casas para o local que você irá viajar e assim que gostar de alguma é só mandar mensagem dizendo que você gostaria de se hospedar lá em uma determinada data. Lembre-se que a pessoa tem 24h para aceitar ou recusar. Fique de olho, pois se ela recusar você terá que procurar uma nova hospedagem.
https://www.airbnb.com.br/

Vou contar um pouquinho sobre cada acomodação que ficamos, mas de um modo geral posso dizer que não tivemos problema. Em cada casa tínhamos nossa própria chave e nos sentimos bem a vontade. Com certeza recomendo para vocês. =))

Queenstown
Em 5 dias de hospedagem, só encontramos a Sarah 1 vez, pois os nossos horários nunca batiam com os dela. Porém, não posso dizer que isso tenha sido um problema. Afinal, ela sempre mandava mensagem e nos ajudava em tudo o que precisávamos.
A casa estava limpa e organizada, e ainda tinha o Jumbo para alegrar nossos dias, um gatinho muito fofo e amigável. O nosso quarto era no andar debaixo e tínhamos um banheiro só para a gente, apesar de não ser suíte. A casa fica situada no bairro de Fernhill a uns 4km do centro e tem um visual maravilhoso. A parte chata é que tínhamos que descer andando uma ladeira bem grande para chegar ao centro e na volta para casa sempre gastávamos dinheiro com táxi.
Perfil airbnb
https://www.airbnb.com.au/users/show/46969309
Preço
461 NZD (5 diárias)

Christchurch
Bonnie e Clayton é um casal americano que está morando na Nova Zelândia por um tempo. Eles receberam a gente super bem e a casa tem um clima muito gostoso. A Bonnie é bem caprichosa e adora espalhar flores e velas pela casa.
O quarto era bem confortável e nós tínhamos que dividir o banheiro com eles, mas com certeza isso não foi um problema.
Essa casa é ideal para quem quer se hospedar próximo ao aeroporto.
Perfil no airbnb
https://www.airbnb.com.au/users/show/12477439
Preço
180 NZD (3 diárias)

Auckland
Tatiana e Alexandre, um casal de brasileiros super fofos que receberam a gente muito bem. =))
Sinceramente, parecia que eu estava na casa de amigos de longa data..hauh
Casa limpa, organizada e com uma vista linda da cidade. O banheiro tínhamos que dividir com eles, mas não tivemos nenhum problema com isso.
Perfil no airbnb
https://www.airbnb.com.au/users/show/55591383
Preço
321 NZD (3 diárias)

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

[NOVA ZELÂNDIA] VIAJANDO DE QUEENSTOWN PARA CHRISTCHURCH – Lake Wanaka, Lake Pukaki, Mt. Cook e Lake Tekapo

by

Uma ótima maneira de viajar pela Nova Zelândia é alugar um carro ou motorhome, pois além de ser mais barato, o país é super preparado para isso com boas estradas, sinalização e campings ao longo do caminho.

Nós alugamos um carro comum por 1 dia só para fazer o percurso de Queenstown para Christchurch e vou te dizer, o caminho é simplesmente MARAVILHOSO! Além da estrada por si só já ser bonita pela variedade de paisagens, as paradas que fizemos nesse caminho foram belíssimas. =))

O percurso completo sem paradas de Queenstown para Christchurch dura uma média de 6h, mas como a melhor parte são as paradas, eu recomendo que você reserve no mínimo 1 dia da sua viagem para esse percurso. Nós saímos de Queenstown por volta das 8h da manhã e chegamos em Christchurch umas 19h.

Dica da Mandy
Não faça parada para almoço, primeiro porque é bem difícil achar algo no caminho e segundo porque você acaba perdendo muito tempo. Nós levamos sanduíches, bolos, biscoitos e água no carro.

Lake Wanaka
Em Wanaka você encontrará uma estrutura de cidade pequena com alguns restaurantes e lojinhas de frente para o lago. Como o caminho de Queenstown para Wanaka é de apenas 1h, eu recomendo que você saia cedo de Queenstown e faça uma parada um pouquinho maior em Wanaka para tomar café da manhã lá. Ou, caso você seja igual a gente e não aguente esperar até Wanaka para tomar café da manhã, uma outra sugestão é que você vá na chocolateria Patagonia adoçar a boca após 1h de estrada. Eles tem sorvete, chocolate, café, doces, etc e é tudo uma delícia. #ficaadica
Site Patagonia
http://www.patagoniachocolates.co.nz/our-cafes/wanaka/
Preço
Patagonia – 18 NZD (doce + soverte)

Chocolates Patagonia New Zealand

Lake Pukaki
Uma história engraçada é que a gente não tinha pesquisado nada sobre esse lago e para falar bem a verdade ele não estava nem no nosso roteiro. Até que estávamos na estrada a caminho do Mt Cook e avistamos um pequeno canal com uma água MUITO AZUL. Óbvio que o Paulo deu uma ré com o carro e lá fomos nós sair do carro para tirar foto no canal porque ele era lindo demais. Ficamos super felizes e agradecidos por ter visto aquela maravilha e entramos no carro novamente. Em menos de 5 minutos avistamos o Lago Pukaki enorme e com a mesma água azul do canal que tínhamos visto. Eu simplesmente pireiiiiii, fiquei ali apreciando aquela imensidão azul maravilhosa.
Na minha opinião, esse é o lugar mais bonito da Nova Zelândia. A cor desse lago já é linda nas fotos, agora imagina pessoalmente?!?! É uma coisa ESPETACULAR, chega a brilhar!!! Fiquei completamente apaixonada!! =))

Canal
Pukaki-Ohau Canal


Mt Cook
Infelizmente, devido ao tempo corrido, nós não subimos até o topo do Mt. Cook, porém mesmo de longe já era possível ver a sua beleza. Ainda no Lake Pukaki, conseguíamos ver o Mt. Cook ao fundo, mas nós resolvemos chegar um pouco mais perto e fomos até o ponto onde tem a placa Aoraki/Mount Cook National Park. É muito lindo ver que mesmo no verão, ainda existia neve no topo das montanhas. Eu, que nunca vi neve na vida, já fiquei toda boba..hauha

Lake Tekapo
Esse lago é bem famoso na Nova Zelândia e visto de cima, ainda na estrada, ele estava praticamente da mesma cor que o Lake Pukaki. Porém, quando fomos tirar fotos, em um horário mais tarde, a coloração da água já estava bem diferente.
Aproveitamos que bem de frente para o lago tem umas piscinas aquecidas (Tekapo Springs) e resolvemos fazer uma parada maior por lá para descansar antes de continuarmos a viagem para Christchurch. O lugar é lindo, bem cuidado e eu acho que vale muito a pena para relaxar. Você pode comprar a entrada lá na hora mesmo, ou fazer como a gente fez, compramos um horário fixo por um site de promoções (https://www.bookme.co.nz/).
Preço
Tekapo Springs – 25 NZD para duas pessoas

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

DART RIVER FUNYAKS – O MELHOR PASSEIO DA NOVA ZELÂNDIA

by

Sem dúvidas, um dos passeios mais bonitos e completos que eu já fiz na minha vida foi o DART RIVER FUNYAKS. Apesar de não ouvir muita gente falando sobre esse passeio, ele é super concorrido, por isso recomendo que você agende o seu com antecedência antes mesmo de chegar na Nova Zelândia. Nós deixamos para cima da hora quase ficamos sem essa maravilha no nosso roteiro.

O passeio acontece no Dart River em Glenorchy e ele tem uma duração total de 7h desde que você entra no ônibus até o seu retorno a Queenstown.

Quanto custa?
É um dos passeios mais caros da Nova Zelândia, mas na minha opinião vale cada centavo.
Assim que chegamos em Queenstown, fomos até a empresa “HAPPY HOURS”, que fica bem no centro da cidade, para agendarmos esse passeio e pagamos 329 NZD por pessoa.

O que está incluso nesse valor?
Transporte de Queenstown para Glenorchy e retorno; Roupa adequada completa; Almoço; Jet boat; Kayak; Guia.

Dicas da Mandy
– Prenda o cabelo, pois venta muuuuiiito;
– Mesmo que você não mergulhe, leve uma toalha caso você precise secar o pé, por exemplo, antes de colocar sua roupa novamente;
– Não esqueça de passar repelente. Em 5 minutos eu fui atacada por uns 10 mosquitos durante o passeio;
– Passe protetor solar.

Tenho que começar dizendo que o caminho de Queenstown para Glenorchy é simplesmente MARAVILHOSO. Inclusive se eu fosse você faria esse caminho mesmo que não fosse fazer o passeio do Dart River. Afinal é só 1 hora de estrada e a vista com certeza compensa. Infelizmente, nós estávamos de carro e atrasados, por isso não conseguimos parar no caminho para tirar algumas fotos, mas acredito eu que se você estiver no ônibus oferecido por eles, fará algumas paradas antes de chegar a Glenorchy. 

Toda essa roupa que estou vestindo na foto foi oferecida por eles, inclusive sapatos e bolsa própria para água.

Eu dividiria o passeio do Dart River Funyaks em 4 partes praticamente. A primeira parte é o jet boat utilizado para subir o rio. Barco rápido e que faz algumas manobras durante o percurso. Apesar de estar esperando umas manobras mais intensas que não aconteceram, achei essa parte muito legal. Não preciso nem dizer que a paisagem é LINDA, né?!?! 😉  

Na segunda parte pegamos o Kayak que já estava a nossa espera no meio do rio e fomos em direção ao paraíso. Um caminho estreito entre as pedras que só passava um kayak por vez e onde a água tem um azul turquesa inacreditável. PERFEITO! Se o passeio fosse só essa parte já estava valendo a pena porque é lindo demais!

A terceira parada foi o almoço. Ao sairmos do paraíso, deixamos nosso kayak encostado na margem do rio e fomos para o segundo paraíso do dia. A mistura da natureza é tão perfeita nesse lugar que eu não me cansava de ficar admirando, tudo o que eu pensava era “muito obrigada”. Além do cenário de filme que nos foi disponibilizado para o almoço, a comida também estava uma delícia. Sanduíches com muitas variedades de recheio, bolos, chocolate quente, café e suco. Fiz meu sanduíche, sentei no chão e nunca me senti tão em paz e feliz. =))

Quarta e última parte, pegamos o nosso kayak e remamos até encontrar um ônibus que nos levaria para conhecer alguns lugares que serviram de cenário para filmes e clipes.
Sinceramente, por mim o passeio poderia terminar no almoço e a gente ir embora de jet boat, seria perfeito. uhauauh
Remar depois do almoço, não achei uma boa ideia. =(

Preparei também um videozinho para vocês terem uma noção melhor como é o passeio. Espero que gostem. =))
https://www.youtube.com/watch?v=hcDdXpkHShw&feature=youtu.be

Caso você queira saber um pouco mais sobre esse passeio, acesse o site deles:
http://www.dartriver.co.nz/funyaks/

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

1 2