Ilha Norte

[NOVA ZELÂNDIA] O QUE FAZER EM AUCKLAND?

by

Auckland é a cidade mais populosa da Nova Zelândia. A Ilha Norte é formada por uma população de 3,5 milhões, sendo 1,5 milhão concentrada em Auckland. Além da grande quantidade de pessoas, a cidade de Auckland também apresenta uma grande quantidade de vulcões inativos, são mais de 50 vulcões na cidade. Uma outra curiosidade é que Auckland é conhecida como “Cidade das Velas” devido a grande quantidade de barcos que se encontram na região.

Quanto tempo ficar em Auckland?
Nós ficamos 3 dias, sendo 1 dia inteiro de passeio para Rotorua. Na minha opinião, 2 dias para conhecer o centro da cidade de Auckland foram mais do que suficientes. Caso você esteja com pouco tempo de viagem reserve apenas 1 dia que com certeza conseguirá fazer tudo.

O que fazer em Auckland?
Apesar de ser uma cidade pequena comparada com o Rio de Janeiro, por exemplo, Auckland tem padrões de cidade grande dentro da Nova Zelândia e por isso, não faltará atividades.

SKY TOWER
Com seus 328m de altura, ela é a estrutura mais alta do Hemisfério Sul. Na torre é possível fazer algumas atividades mais radicais como “Sky Walk” e “Sky Jump”, ou uma atividade mais romântica como jantar em um dos seus restaurantes. Eu recomendo o “Orbit 360° Dining”, um restaurante que gira lentamente 360° enquanto você está comendo. Além das atividades oferecidas, o principal da torre é a vista incrível da cidade que você poderá desfrutar lá de cima.
Dica da Mandy
Para jantar no restaurante Orbit 360° faça uma reserva antecipada, pois ele fica bem cheio. No nosso caso, deixamos para cima da hora e conseguimos apenas o almoço, o que também vale muito a pena, porém acredito eu que o jantar tenha um maior encanto. =)
Preço
Pagamos 98 NZD para duas pessoas
Cada pessoa teve direito a um prato principal e uma sobremesa, além disso, já estava incluso no preço a subida ao restaurante e o direito a ir no deck de observação.
Achei o valor muito justo, pois se a gente pagasse apenas para ir no deck de observação e apreciar a vista seria 56 NZD para duas pessoas, ou seja, o restaurante saiu apenas por 42 NZD para duas pessoas. E o melhor de tudo, o restaurante é chique, a vista é linda e a comida uma delícia! #FicaADicatítulo

VULCÃO MOUNT EDEN
Depois de saber que existiam vários vulcões inativos na cidade, resolvemos conhecer um deles de pertinho. O nosso escolhido foi o Mount Eden por ser de fácil acesso para quem está no centro da cidade. Pegamos um ônibus que nos deixou na entrada do vulcão e depois tivemos que fazer uma caminhada de uns 20 minutos de subida. Se você for com calma e parando eu considero a caminhada leve. O vulcão está localizado no alto da cidade, por isso, além de conhecer o vulcão você também poderá apreciar uma vista panorâmica da cidade de Auckland.
Um fato curioso é que chegar no Mount Eden você não encontrará um vulcão propriamente dito, e sim um grande buraco na terra coberto por grama.

DEVONPORT
É uma cidade super fofa que fica a 15 minutos de ferry de Auckland. Comparando Auckland com o Rio de Janeiro, Devonport seria Niterói. Ou seja, assim como o melhor de Niterói é a vista do Rio, o melhor de Devonport é a vista de Auckland..hauah. Brincadeiras a parte, a cidade de Devonport é uma graça para passear e sim a vista de Auckland, principalmente o por do sol, visto de Devonport são incríveis.
Preço
Ferry – 24 NZD para duas pessoas ida e volta

PASSEIO PARA ROTORUA
O caminho de Auckland para Rotorua dura cerca de 3h e tem tour de 1 dia saindo de Auckland. Fiz um post com todos os detalhes desse passeio: http://www.porondefor.com.br/?p=4011

Onde comer em Auckland?
Além do restaurante Orbit 360° já mencionado nesse post, um outro lugar que eu super recomendo é o ELLIOTT STABLES, um conjunto de restaurantes. Imagina uma praça de alimentação com várias opções de restaurante, porém é uma praça de alimentação sofisticada com cadeiras de madeira, flores e velas nas mesas. Eu adorei a ideia desse lugar, pois as vezes saímos em grupo e uma pessoa quer comer carne e a outra quer comer massa, no ELLIOTT STABLES não tem briga. Cada um escolhe o que quer e depois é só sentar em alguma das mesinhas oferecidas no local. Nós experimentamos o “Big Little Grill” e o “De Niro” e os dois foram aprovados. =)

Big Little Grill
Preço
Uma média de 26 NZD por pessoa

De Niro
Preço
Uma média de 25 NZD cada pizza ou prato.

Para a sobremesa minha dica é a sorveteria Giapo. Ela não fica dentro do Elliott Stables, mas ainda assim está no centro da cidade.
Diferente das outras sorveterias que expõe os sorvetes, o balcão da Giapo é totalmente fechado. A ideia é que você não seja influenciado visualmente e sim pelo sabor. E vou dizer, que sabor maravilhoso!! É pura tentação esse lugar!!!!
Preço
16 NZD por dois sorvetes pequenos

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

[NOVA ZELÂNDIA] ROTORUA – CULTURA MAORI E GEYSERS

by

Rotorua fica na Ilha Norte da Nova Zelândia e ela é conhecida como a cidade dos geysers devido a sua grande concentração de nascentes termais de água quente e lagoas de lama fervente. Além disso, a cidade também é conhecida pela grande preservação da cultura Maori, afinal 1/3 da sua população é formada pelos Maoris (nativos da Nova Zelândia). Sinceramente, não tem como ir na Nova Zelândia e não conhecer um pouquinho das maravilhas e histórias desse lugar.
Como não tínhamos muito tempo, resolvemos fazer um tour de 1 dia, saindo de Auckland, para Rotorua que incluía um pouco de tudo.

“Waitomo – Rotorua Deluxe one day tour incl Syline Gondola”
O passeio inclui transporte de ida e volta em ônibus executivo, 3 paradas que eu vou detalhar abaixo e 3 refeições (2 lanches, um na entrada e outro na saída e mais um almoço). Tudo ocorreu perfeitamente como o que foi descrito, fiquei surpresa com a organização e com a quantidade de coisas que conseguimos fazer em um único dia. #SuperRecomendo
Dica da Mandy
Apesar de oferecerem lanche e almoço, eu recomendo que você leve mais alguma coisa. Biscoito, bolo, fruta e água nunca são demais.
Preço 
195 NZD por pessoa (Nós compramos pelo http://www.bookme.co.nz, um site de promoções que vale a pena a visita)

Waitomo Glow Worm Caves
Nossa primeira parada foi maravilhosa, exploramos algumas cavernas, formadas a mais de 30 milhões de anos atrás, juntamente de um guia. Pude presenciar de perto a tal da estalactite e estalagmite que aprendi na escola a milhões de anos atrás..hauha. E para ficar ainda mais perfeito o passeio, existe um rio subterrâneo que a gente percorre de barco, nessa parte a caverna é bem escura e temos que ficar completamente em silêncio.  E é aí que a melhor parte acontece, imagina passear em um barco lentamente sem barulho de motor, sem vozes e ao olhar para cima tem um conjunto de vagalumes brilhando por toda a caverna. Gente, de verdade, parecia até um céu estrelado de tão lindo! Todo esse lugar é real e natural, mas parece mágica. Com certeza vale a pena a visita, afinal são poucos lugares do mundo que irão te proporcionar essa experiência. Infelizmente, fotos não eram permitidas, mas o que eu posso dizer é que esse lugar é incrível.

Skyline Gondola
Assim como em Queenstown e Christchurch, em Rotorua também tem a gôndola que te levará até o alto da cidade. Além de apreciar a vista você também pode fazer o luge, famoso carrinho de rolimã que fizemos em Queenstown e também tem uma outra atração chamada Swing. Nós não fizemos, mas parecia interessante.
Ouvi dizer que o percurso do luge em Rotorua é mais emocionante. Por isso, se você gosta de uma aventura e passará pelas duas cidades, Queenstown e Rotorua, deixe para fazer o luge na segunda. =)

A terceira e mais completa parada nos proporcionou conhecer as duas coisas mais famosas da região de Rotorua, cultura Maori e geysers. 

Primeiramente assistimos um show Maori no “TE PUIA”. Presenciamos o famoso Haka, uma dança típica dos Maoris muito utilizada antes das batalhas para energizar os guerreiros e desafiar o oponente. Gente, a energia e força presente nessa dança é algo surreal que arrepia o público presente. Algumas pessoas dizem até mesmo sentir medo devido as várias caretas que eles fazem. 

Depois fomos conhecer a escola onde é desenvolvido todo o material que representa a cultura Maori. O objetivo é que isso seja sempre passado de geração em geração para que a cultura nunca morra.Um fato curioso é que apenas homens podem ingressar nessa escola e eles não podem ter nem 1 fio de cabelo branco.

Por último, conhecemos o “Pohutu Geyser”. Confesso que o cheiro de enxofre não é lá dos mais agradáveis, porém o lugar é tão diferente de tudo o que eu já vi, que isso se tornou um simples detalhe.
Ver toda aquela fumaça saindo da terra é algo incrível, mais incrível ainda é saber que é natural.

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

[NOVA ZELÂNDIA] Viajando de MOTORHOME de WELLINGTON para AUCKLAND (Taupo, Matamata e Coromandel)

by

Desde que pegamos nosso motorhome em Christchurch, separamos em 2 percursos até chegarmos a Auckland.
A primeira parte do caminho eu contei nesse post aqui: http://www.porondefor.com.br/?p=3875

Já a segunda parte de Wellington para Auckland vou contar no post de hoje para vocês. =)

Saímos de Wellington por volta das 16h e fomos direto para Taupo. Aviso que a viagem é cansativa, afinal foram cerca de 5 horas de estrada sem parar. Chegando em Taupo não pensamos em outra coisa a não ser dormir e recuperar as energias para o dia seguinte.

Camping em Taupo
Great Lake Holiday Park – 44 NZD para duas pessoas (1 diária)

Na manhã seguinte tomamos café da manhã de frente para o lago Taupo e fomos conhecer a “Huka Falls”, uma cachoeira que tem o maior volume de água de toda a Nova Zelândia. Diferente de todas as cachoeiras que eu já vi, achei ela bem horizontal e com uma cor de água azul turquesa maravilhosa.
Com certeza vale a pena a visita, afinal além de ser super pertinho do centro de Taupo, a visitação é gratuita e você ainda pode estacionar seu carro ou motorhome lá dentro gratuitamente.

Saindo de Taupo fomos para Matamata conhecer HOBBITON, o famoso vilarejo dos Hobbits onde foram filmados os filmes “Senhor dos Anéis” e “Hobbit”.
O lugar é tão incrível que fiz um post só para ele, confere aqui: http://www.porondefor.com.br/?p=3957

Saímos de Matamata por volta das 19h e fomos direto para Coromandel. Após cerca de 2h e meia de estrada, mais uma vez chegamos bem cansados no camping e só pensávamos em dormir, afinal a aventura iria continuar no dia seguinte.

Camping em Coromandel
Hot Water Beach Top 10 Holiday Park – 56 NZD para duas pessoas (1 diária)

Ao acordarmos fomos andando explorar a “Hot Water Beach” que ficava bem pertinho do nosso camping. Essa praia é conhecida por ter piscinas naturais de água quente devido as suas duas fontes termais situadas no meio da praia. Muitos turistas e locais levam suas pás, inclusive era possível alugar no camping, e começam o trabalho de cavar até achar a água quente e depois é só ficar ali relaxando.
No dia que visitamos essa praia estava chovendo e eu particularmente achei um certo “programa de índio”..hauha
De fato existe água quente, pude comprovar colocando meu pezinho na piscina de um grupo, porém muita gente não encontra ou às vezes quando a piscina está quase pronta vem a onda e acaba com tudo.
Devido a falta de tempo, não fomos conhecer a Cathedral Cove, mas hoje eu te digo que se você não tiver tempo e precisar escolher entre cavar na “Hot Water Beach” ou ir conhecer a Cathedral Cove, vá direto para a segunda opção.
Preparem para a seleção maravilhosa de fotos. #SóQueNão huahaa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Após Coromandel seguimos na estrada por mais 2h e meia até o nosso destino final, Auckland. =)

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

1 2