Inglês

CAMBRIDGE – FCE

by

Hoje eu queria dividir com vocês sobre a minha nova turma na escola.
Eu já comentei em um vídeo que comecei no nível 3, depois fui para o 4, TOEIC, Flexi Cambrige e agora finalmente estou na turma fechada do Cambridge.
Quando você faz General English, toda segunda-feira pode entrar alguém novo na sua turma e toda sexta alguém pode sair. Já quando você faz uma turma fechada, não existe essa possibilidade. No caso do Cambridge (FCE) serão 12 semanas intensas de estudo com as mesmas pessoas.
Antes de começar nessa turma eu estava muito nervosa. Muitas coisas passavam pela minha cabeça, como, não estou preparada ou será que as pessoas que vão para essa turma sabem muito mais do que eu?
Enfim, o tão temido dia 16/3 chegou e o Cambridge começou. =]
Já se passou uma semana e aqui estou eu para falar da minha felicidade em fazer parte dessa turma. Tenho amigos de sala maravilhosos e uma professora incrível.
Essa turma conseguiu em 1 semana ir muito além das minhas expectativas. Vou para escola sorrindo, passo o dia rindo com o sarcasmo da professora e, ao mesmo tempo, aprendo muiiiito! Me sinto completamente confortável na turma e não vejo nem a hora passar.
Todo o medo que eu tinha antes de começar acabou, todo o pensamento negativo de que eu não estava preparada para fazer foi embora.
Hoje estou vivendo momentos únicos e aprendendo MUITO! 😉

Como já de costume, na primeira semana do curso a turma se reuni para um passeio e com a gente não foi diferente.
Venha conferir como foi a nossa sexta-feira… =]

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda

INGLÊS: MEU CARMA

by

Hoje eu resolvi compartilhar com vocês um pouco da minha história com a língua inglesa.

Desde que eu me entendo por gente eu faço inglês, seja em algum curso ou até mesmo aula particular. Na hora eu até aprendo, mas depois de um tempo sem praticar eu esqueço tudo…hauahu. Tá bom, não é para rir não.

O que acontece comigo é que eu estou sempre no nível intermediário. Faço 1 ano mais ou menos de curso e saio. Quando volto, não lembro nada e começo de novo no intermediário.

Aqui na Austrália não foi muito diferente. Entrei no nível intermediário mais uma vez. Estou revendo tudo o que já estudei em algum momento da minha vida, porém a diferença é: o que eu aprendo na escola, eu escuto na rua ou vejo na televisão. Isso faz com que eu absorva mais rápido as novas estruturas e vocabulários.

Aqui minha principal atividade é estudar inglês. Faço isso todos os dias da semana. Já no Brasil, o inglês estava sempre em segundo ou terceiro plano e eu só pensava ou falava algo em inglês durante as minhas aulas.

Nunca fui o tipo de pessoa que escuta música ou vê filme em inglês. Nem mesmo na febre dos seriados eu me interessei por algum. É claro que depende de cada pessoa, mas no meu caso, eu sabia que jamais conseguiria aprender inglês no Brasil. Por isso, tomei a decisão de morar na Austrália. Aqui eu não tenho opção. Quando ligo a televisão só tem inglês ou inglês. Quando quero comprar algo ou pedir comida no restaurante tenho que falar em inglês ou através de mímica..hauhua

Muitos brasileiros têm a ilusão de que se morar fora do país 1 mês, já vai voltar falando outra língua. Na minha opinião, isso não é verdade.

Já estou aqui há quase dois meses e não estou achando nada fácil. Ainda tenho bastante dificuldade em falar e entender inglês. É muito vocabulário novo. Por exemplo, não pense que se você aprendeu “intelligent” no curso já será suficiente. Na verdade, quase não escuto ninguém falando isso, mas “clever” ou “wise” com certeza você ouvirá. E como eles usam os “phrases verbs”. Para quem não lembra é aquela junção do verbo com a preposição que juntos tem outro significado. Por exemplo, “give up”. O significado nesse caso não é “give” e nem “up” e sim “give + up = desistir”…assim fica difícil né!?!? Hauhauh. Vocês não tem noção como é difícil juntar tudo isso na minha cabeça que ainda pensa tanto em português. 🙁

Eu compararia aprender inglês com aprender a dirigir. No início tudo é muito difícil. Você até entende na teoria, mas na hora de colocar em prática é bem complicado. A sensação que eu sentia quando comecei a dirigir (já com a carteira de habilitação) é a mesma que sinto agora. Total insegurança no que estou fazendo. Antes eu tinha vontade de colocar uma placa bem grande na traseira do meu carro com a seguinte frase: “Ainda estou aprendendo”. Agora eu tenho vontade de colocar essa frase na minha testa…hauhauha

O fato é que com o tempo, depois de praticar todos os dias, o medo foi embora e eu me senti segura para dirigir. Então, a conclusão que eu tiro disso é que eu preciso falar inglês todos os dias, pois só assim vou perder o medo e me sentir segura.

Vamos que vamos!!!! Ainda tenho muita coisa pela frente. =]]

E aí, gostou?!?! Não esquece de deixar a sua marquinha por aqui! Vou adorar ler um comentário seu ou ver que você curtiu esse post. =)
MUITO OBRIGADA! ♥
Beijos,
Amanda